Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

António Ramalho

“Vou dizer-lhe uma coisa de que me orgulho: quando entrei no BPSM em 1990, tinha um milhão de contos no Fundo de Pensões. Quando saí, tinha 108 milhões”. Isto foi dito na fase...

André Carrilho

Começamos por onde? Por Peter O’Toole, esguio, fleumático, de beleza imaculada? Por Diana, a princesa de olhos marejados de azul que o povo amou na vida e na morte? Por Picass...

Em destaque

Entradas recentes