Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Curso de Cultura Geral (12 Março 2017)

Hélia Correia visitou Delfos com Maria Helena Rocha Pereira. Apetece perguntar o que ouviu lá, nesse lugar conhecido como o umbigo do mundo, e que força teve ser guiada por esta professora e helenista, a Dra. Rocha Pereira. Então, vamos à Grécia, vamos à antiguidade, com Hélia, com Isadora Duncan e as bailarinas dos vasos gregos, vamos a Itália com Rilke ou Mary Shelley. Margarida Ferra nasceu para a leitora que é hoje quando passou a fazer-se acompanhar de personagens, pessoas quase reais, ou dramaticamente reais, como Anne Frank, cujo diário leu várias vezes a partir dos 10 anos. É poeta, trabalha como assessora de comunicação na Casa Fernando Pessoa; também houve um tempo em que quis ser Jean Seberg, a distribuir o jornal nos Champs Elisées, como no filme de Godard. Constança Freire de Sousa tem 22 anos, fez a licenciatura e o mestrado em Londres, no mestrado estudou Literatura Infantil. Leu, como todas as meninas da sua geração, Harry Potter, mas também "O Principezinho" ou Sophia de Mello Breyner. É filha de economistas, teve a possibilidade de viver em vários países, dialogar com várias culturas. E é feminista. São três mulheres, de diferentes gerações e diferentes modos de relação com a escrita.

 

A lista de Constança Freire de Sousa, estudante de escrita criativa:

  1. O Principezinho, de Antoine de Saint Exupery;
  1. Harry Potter, a série completa, de J. K. Rowling;
  1. A Fada Oriana ou A Noite de Natal, de Sophia de Mello Breyner;
  1. We Should All Be Feminists, de Chimamanda Ngozi Adichie;
  1. O Segundo Sexo, de Simone de Beauvoir;
  1. Deolinda, Capitão Fausto, Rui Veloso;
  1. Religião: visita ao Vietname (interacção com budismo);
  1. Vivências em Inglaterra, partilhando casa com um árabe, um judeu, uma cristã protestante, uma americana conservadora;
  1. Frequentar a Escola Europeia em Bruxelas, dos 10 aos 15 anos;
  1. Livraria Lello, no Porto

 

A lista de Hélia Correia, escritora: 

  1. Delfos com Maria Helena da Rocha Pereira, Sophia e Aspasia Papathanasiou;
  1. Isadora Duncan;
  1. Monte dos Vendavais e os mundo dos Brontë;
  1. Ophelia de John Millais;
  1. Dança: "Romeu e Julieta" de Rui Horta;
  1. Em Duíno com Rilke e Manuel Alegre;
  1. San Terenzo: Mary Shelley na Casa Magni e Arnold Böcklin;
  1. A obra de José Mário Branco;
  1. Prelúdio de Tristão e Isolda de Wagner coreografado por Olga Roriz;
  1. Sintra e Maria Gabriela Llansol.

 

 A lista de Margarida Ferra, assessora da Casa Fernando Pessoa: 

  1. Jules et Jim de Truffaut (1962), no cinema Tivoli, em 1994;
  1. Diário de Anne Frank, em contínuo, aos 10 anos;
  1. Alice no País das Maravilhas, Lewis Carroll;
  1. Viagem pela Estrada Nacional até Coimbra para ver os Encontros de Fotografia;
  1. Exposição de Francesca Woodman, no CCB, em 1999; 
  1. "O Som dos Pedais": programa do João Paulo Baltazar na TSF;
  1. Jardim do Palácio do Beau-Séjour onde li Cesariny, OʼNeill, Ruy Belo, Adília Lopes, e muitos romances;
  1. Saul Williams e Ursula Rucker no Musicbox, em Junho de 2010;
  1. Descobrir o fado com a Gisela João e o Hélder Moutinho na Tasca da Bela, em Alfama;
  1. Paris a partir de À Bout de Souffle, do Godard, e da Jean Seberg.

 

Em destaque

Entradas recentes