Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Curso de Cultura Geral

O programa Curso de Cultura Geral, que estreia dia 8 de janeiro, na RTP2, às 22.35, propõe uma interrogação sobre a noção de cultura geral, suscita uma variedade de respostas dadas por pessoas de proveniências culturais, sociais e etárias distintas.

Reforçando a ideia de que não há uma lista única, canónica, um modo único de ler e apreender a realidade, três pessoas em cada programa elaboram uma lista de experiências de cultura que foram significativas para si, discorrem sobre o entendimento que têm de cultura e o modo como ela contamina a vida de todos os dias. Então, o programa não será sobre as obras que mudaram o mundo, mas sobre as obras que mudaram o mundo daquele entrevistado. E pode falar-se da leitura do Diário de Anne Frank, de ver Caravaggio numa igreja em Roma, da obra de Sophia, Pina Bausch, de uma mãe que ensina que não é preciso escolher entre ciências e letras, da experiência de viver fora do país, de ser médico e aprender com Abel Salazar que "um médico que só sabe de Medicina nem de Medicina sabe".

A escolha de convidados é abrangente. Há figuras conhecidas do grande público, há pessoas que não são conhecidas. Há professores, agentes culturais, uma bancária, um padre, uma menina de 22 anos que estuda escrita criativa, uma especialista em estudos islâmicos... A paridade foi uma preocupação, e no conjunto dos 13 programas mais de metade dos 39 convidados são mulheres.

Para dizer com Guimarães Rosa, "mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende". Ou seja, este será um curso no qual todos são discípulos e mestres, dispostos a partilhar e aprender.

O programa tem a duração de 50 minutos, periodicidade semanal, autoria e apresentação de Anabela Mota Ribeiro.

Curso de Cultura Geral é uma declinação muito livre e desenvolvida de um trabalho que a autora fez para o jornal Público, "O que é ser culto hoje?".

 

 

Em destaque

Entradas recentes