Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais livros

"Este Ser e Não Ser - Cinco Conversas com Maria de Sousa" resulta de um diálogo mantido com a cientista durante uma semana, em Novembro de 2014. Ou de antes disso: de uma entrevista para o jornal Público, na Primavera desse ano. Se não fosse esse encontro inaugural, a admiração, o riso, a sintonia, a compreensão, a incompreensão, o espanto, se não fossem estas palavras que podem fundar uma amizade, não teríamos chegado a essa semana de Outono. 

O livro foi lançado em Maio de 2016 junto da comunidade científica, num simpósio de homenagem a Maria de Sousa que teve lugar na Fundação Champalimaud. O encontro, que reuniu imunologistas de referência do mundo todo, assinalou os 50 anos de uma importante descoberta da cientista. 

Porque se tratou de uma edição paga (por diversos institutos da área da ciência) e com um propósito específico, não se encontra à venda. 

4.jpg

 

O essencial da sua biografia: Maria de Sousa nasceu em Outubro de 1939. Formou-se em Medicina, podia ter sido pianista. Saiu em 1964 para trabalhar em Inglaterra, Escócia, Estados Unidos. Regressou em 1985, foi professora catedrática de Imunologia do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, no Porto. Jubilou-se quando fez 70 anos.

Contribuiu para a fundação de um ensino pós-graduado moderno em Biologia em Portugal, coordenando o Mestrado de Imunologia (1985-1995) que, em 1996, passou a integrar, com os Mestrados das Faculdades de Medicina e Ciências, o Programa Graduado em Áreas da Biologia Básica Aplicada (GABBA).

Escreve, também poesia. O título deste livro, "Este ser e não ser", é um verso de um poema seu, "Lamento d' emigrado". O livro Meu Dito Meu Escrito, sobre ciência e cientistas, escrito como um “monólogo da caneta”, foi publicado em 2014. Vive entre o Porto, Lisboa e Nova Iorque.

Tem como contribuições científicas a definição e caracterização da área dependente do timo conhecida universalmente, hoje, como área T, mapeada nos órgãos linfoides periféricos e ocupada por células com origem no timo. A existência de nichos no sistema imunológico está ligada ao seu trabalho sobre a migração de células linfoides e de medula óssea para microambientes específicos nos órgãos linfoides, a que deu o nome de ecotaxis. Na continuidade desse trabalho postulou que o sistema imunológico podia ter uma função de “surveillance” da toxicidade do ferro, o que a conduziu a numerosos estudos experimentais e ao estudo do sistema imunológico na doença genética de sobrecarga de ferro, hemocromatose, existente no Norte de Portugal.

 

 

"O Sonho de um Curioso" é um livro de 14 entrevistas publicado em 2003 pela Dom Quixote. 

Todas as entrevistas que o compõem encontram-se disponíveis neste blog. 

capa livro.jpg

 

 

 

Em destaque

Entradas recentes