Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Os meus dez livros

Os meus dez livros (assim de cabeça, ou melhor, de coração, e no momento):

1º Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis (e Dom Casmurro, como se com as MPBC formasse um díptico)

2º Viagem a Itália, Goethe (qualquer um de Goethe, mas este é aquele a que volto mais frequente e carinhosamente)

3º Carta para minha Mãe, Simenon, e Património, Philip Roth (a pensar no pai e na mãe)

4º A Língua Posta a Salvo, Uma Luz em meu Ouvido e O Jogo dos Olhos (autobiografia em três volumes), Elias Canetti

5º Ruy Belo (o livro que reúne tudo, por não conseguir escolher um) 

6º A Menina sem Estrela, Nelson Rodrigues (mais A Vida como ela É)

7º O Diário de Anne Frank

8º Verão, Coetzee

9º A Criada Zerlina, Hermann Broch

10º Divina Comédia, Dante (porque me traz as aulas com Maria Filomena Molder e me continua a fazer pensar nos seus enigmas, anos depois)

Amanhã escrevo outros. Ontem teriam sido outros. Falta Clarice e Dostoievski e Tchekhov e Pessoa e Vasily Grossman e Homero e tenho de reler A Morte de Ivan Ilitch, porque passaram quase 20 anos, e a Menina Elsa de Schnitzler...

 

 

Em destaque

Entradas recentes