Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anabela Mota Ribeiro

A casa de Anne Frank

01.03.18
“Viajámos num comboio comum de passageiros. (...) Anne não saía da janela. Lá fora era Verão. Pradarias, campos de restolhos, vilas voavam. Os fios telefónicos à direita, ao longo do caminho, dançando para cima e para baixo acompanhando as janelas. Era como se (...)