Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anabela Mota Ribeiro

Henrique Medina Carreira (2012)

04.07.17
Medina Carreira, 81 anos. Houve um tempo, não muito longínquo, em que era apontado como um arauto da desgraça. O seu discurso continua a ser negro. Ainda que globalmente, nesta entrevista, pareça comedido. Ou nos habituámos a esperar dele o negrume, ou nos capacitámos (...)

Assunção Cristas

08.03.17
Paga-me um café que eu conto-te a minha história – diz um verso do poeta José Tolentino de Mendonça, amigo de Assunção Cristas. A deputada do PP contou a sua história e ofereceu café. Nasceu em 74, está no Parlamento desde as últimas eleições. Porque é que (...)

Mário Soares (2005)

08.01.17
Esta entrevista é parte do livro "Mário Soares - O que falta dizer", editado em 2005 pela Casa das Letras. O  livro resultou de um repto lançado por Mário Soares a Anabela Mota Ribeiro, Elsa Páscoa e Maria Jorge Costa. A ideia era, através de uma longa entrevista, (...)

Maria de Jesus Barroso

07.01.17
Maria de Jesus. As fotografias mostram-na a representar a jovem «Benilde», a dizer poesia revolucionária, a discursar num comício nos anos quentes de um país. Mostram-na envolvida pelos filhos João e Isabel, abraçada a Mário na Foz do Arelho, em 56, quando eram (...)

António Guterres

12.12.16
Numa entrevista, há uns meses, falava de um filme chinês que viu e de que gostou, «Yi- Yi». No filme um menino de seis anos tem a intenção de fotografar a verdade. Fotografa, então, a nuca das pessoas que, supostamente, nunca têm acesso à sua dupla face. Menino de (...)

Nuno Severiano Teixeira

03.07.16
O hino, onde se fala do nobre povo que canta o esplendor de Portugal, traduz a nossa identidade? E a bandeira, esse pedaço de pano pelo qual muitos foram e são capazes de dar a vida, condensa o quê? Nuno Severiano Teixeira escreveu um livro sobre a história dos (...)

Iva Delgado (s/ Humberto Delgado)

15.05.16
Debaixo do caramanchão, numa tarde quente. Os gatos passavam entre os ombros e o colo. E na casa, em frente, a mãe segurava a lupa e espreitava uma revista. A mãe chama-se Iva. O pai Humberto, o General sem Medo. Numa tarde de Verão, na casa de família, que se ergue (...)