Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anabela Mota Ribeiro

Coimbra de Matos

05.01.22
Oito e meia da noite. O cinzeiro está sobre a secretária. A janela, que rasga o compartimento para o saguão, desenha já a noite de Outono. Ao fundo, há um espelho, alinhado à altura de um adulto. E ao lado, numa sala relativamente grande, coberto por um tecido (...)