Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anabela Mota Ribeiro

Gonçalo M. Tavares

23.01.18
Pensemos numa célula, na membrana, no núcleo. Pensemos num mundo onde os caminhos se fazem a pé, o perímetro é desafiado, o âmago procurado. Uma célula é uma célula é uma célula. Individuada, porosa, em relação com outras células, com outros sujeitos, com (...)

Gonçalo M. Tavares (2006)

30.11.15
No dia seguinte ao nosso encontro vi-o casualmente na rua, com a barba muito espessa e uns calções que lhe davam pelo joelho. E imaginei que se dirigia à piscina, onde agora nada. A casa é perto daquela rua e do café onde nos encontrámos para conversar sobre o mundo (...)

Gonçalo M. Tavares (2011)

29.10.13
Por onde entrar no labirinto de Gonçalo M. Tavares? Vários acessos, vários percursos. Vários livros, vários personagens. É um autor prolífico. Nos últimos meses, editou o ambicioso Viagem à Índia, Matteo perdeu o Emprego e novo livro da série dos senhores. Editou (...)

Gonçalo M. Tavares (Quest. Proust)

05.08.13
Proust disse que uma necessidade de ser amado e cuidado era a sua característica mais marcante. Mais do que ser admirado. Qual é a sua?   Ao mesmo tempo que caminho a olhar para baixo sou capaz de olhar em frente. Ser de confiança.   E numa mulher? Ele mencionou (...)