Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anabela Mota Ribeiro

Júlio Machado Vaz

21.07.19
Por fim, pergunto o  que é que o pode fazer viver com leveza. E ele responde coisas arrancadas à vida de todos os dias, tesouros banais: «Cantelães ao entardecer, a família reunida, um sorriso de mulher depois do amor. Mas em geral, viver é para mim um gozo (...)

Júlio Machado Vaz

06.10.13
A caricatura que o Herman faz de si é a do homem mergulhado na cadeira a ler poemas. É muito elogioso da parte dele. Nem sei bem onde é que eles foram buscar aquilo. Quer dizer, sei, ao Sexualidades.   Mas revê-se nesse papel do homem caracol, o homem fechado sobre (...)