Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anabela Mota Ribeiro

Miguel Esteves Cardoso e Maria João Pinheiro

12.02.22
O MEC já escreveu que O amor é fodido. Vivia em Lisboa, em sofrimento, à beira de uma síncope. Tinha graça, juventude, hordas de seguidores. Agora está na fase de achar Como é linda a puta da vida (novo livro que colige crónicas dos últimos anos). Este é o tempo (...)

Herman Enciclopédia

04.02.22
Gud evenaing. Ou, se preferirem, boa noite. O espectáculo vai começar. O elenco: Lauro Dérnio, Artista Bastos, Super Tia, Mike e Melga, Felisberto Desgraçado. Mais este: - “Eu sou uma pessoa que pensa no depressa”. O senhor Engenheiro do riso alarve e estilo (...)

Ricardo Araújo Pereira

28.01.22
Quem é que ainda diz “eh pá” linha sim, linha não? E “gajo”, gajo para aqui, gajo para acolá? Quem é que diz que as suas filhas são o seu Jesus Cristo – mesmo assim, podia fazer troça se uma delas fosse coxa. Manquinha. E que chora lágrimas de sangue pelo (...)

Leonor Xavier

13.12.21
Raul Solnado, com quem viveu, dizia: “Ai, a minha vida é tão frágil, cuidado. Se ela cair da estante parte-se aos bocados, estraga-se toda”. A vida de Leonor Xavier, contada no livro Casas Contadas, não caiu da estante e não se estragou. A obra mereceu o prémio (...)

Millôr Fernandes

08.09.21
Tudo se passou em três semanas de Agosto. Primeira dificuldade: encontrar o número certo para falar com Millôr Fernandes. Passo seguinte: deixar recados no gravador ao longo de dez dias. Diários. Sem resposta. O gravador atendia assim: “Fale ou fax”. Num tom de (...)

Daniel Oliveira

27.07.21
O que é que interessa o que o Daniel acha? A pergunta é dele. Daniel Oliveira é um dos mais reconhecidos opinion makers da sua geração. Truculento, convencido, raivoso. Político, e antes jornalista. Colunista do Expresso. Comentador da SIC Notícias. Alinhado, com (...)

Barry Hatton

05.06.21
Em 2011, como somos? Barry Hatton tira-nos as medidas no livro Os Portugueses. “Têm o “desenrascanso”, que é uma coisa magnífica que os gajos da Troika não sabem, e que os analistas lá fora também não sabem. Deviam saber.” Portugal é o país do deixa andar, (...)